22 junho 2017

Lançado OpenMandriva Lx 3.02

     Depois de vários meses de trabalho duro, a equipe da distribuição OpenMandriva se orgulhosa e animado para anunciar a nova versão OpenMandriva Lx 3.02.





    A ISO distribuição é inicializável no BIOS ou UEFI do pendrive USB ou DVD e usa o instalador Calamares para guiá-lo através da instalação com o mínimo de esforço. A ISO também oferece um meio de arrancar partições EFI que eles deveriam tornar-se inacessível devido a alterações ordem de inicialização.    



   Esta distribuição tem sido com sucesso instalado e executado em um notebook chips gráficos híbridos usando Bumblebee. A imagem i586 trabalho está disponível no entanto isso só será instalado em caixas i686 genuínos. Se a sua máquina é de 64 bits utilize a imagem de 64 bits relevante. OpenMandriva Lx 3.02 beneficia de grandes atualizações e muitas pequenas correções.    

Principais características nesta versão:  



KDE
  • Frameworks 5.33.0
  • Plasma 5.9.5
  • Applications 17.04
  • Qt 5.8.0
Display subsystem
  • Xorg 1.19.3
  • Wayland 1.12.0
  • Mesa 17.1.1
Core
  • Kernel 4.11.3 (with BFQ as defailt I/O scheduler and UKSM enabled by default)
  • systemd 233
  • LLVM/clang 4.0.1
  • gcc 6.3.1_2017.02
  • glibc 2.25
Installer:
  • Calamares 3.1.0

  O programa de construção de ISO, omdv-build-iso, apresenta suporte melhorado para a criação de compilações personalizadas. O ambiente LXQt, o peso leve ambiente de desktop Qt, também está incluído junto com Plasma 5 na mesma ISO, você escolhe qual ambiente quer usar na tela do login.

Notas de lançamento:

Até a próxima!






20 junho 2017

Lançado o Debian 9 "Stretch"

     Depois de 26 meses de desenvolvimento, o projeto Debian tem o orgulho de apresentar a sua nova versão estável 9 (codinome Stretch), que será suportada durante os próximos 5 anos, graças ao trabalho combinado da equipe de Segurança do Debian e da equipe de Suporte de Longo Prazo do Debian.

O Debian 9 é dedicado ao fundador do projeto, Ian Murdock, que faleceu em 28 de dezembro de 2015.

Na Stretch, a variante MySQL padrão agora é o MariaDB. A substituição dos pacotes do MySQL 5.5 ou 5.6 pela variante MariaDB 10.1 acontecerá automaticamente na atualização.

O Firefox e o Thunderbird retornam ao Debian com o lançamento da Stretch, e substituem as suas versões com as marcas removidas Iceweasel e Icedove, que estiveram presentes no repositório por mais de 10 anos.

Graças ao projeto Reproducible Builds, mais de 90% dos pacotes fonte incluídos no Debian 9 construirão pacotes binários idênticos bit-a-bit. Essa é uma funcionalidade de verificação importante que protege os usuários contra tentativas maliciosas de adulterar compiladores e redes de construção. Versões futuras do Debian incluirão ferramentas e metadados para que usuários finais possam validar a procedência de pacotes dentro do repositório.

Administradores e aquelas pessoas que estão em ambientes sensíveis a segurança podem se confortar em saber que o sistema gráfico X não exige mais privilégios de root para executar.

A versão Stretch é a primeira versão do Debian a apresentar a ramificação modern do GnuPG no pacote gnupg. Isso traz criptografia de curva elíptica, padrões melhores, uma arquitetura mais modular e suporte melhorado a smartcards. Nós continuaremos a fornecer a ramificação classic do GnuPG como gnupg1 para pessoas que precisam dela, mas agora ela está obsoleta.

Os pacotes de depuração estão mais fáceis de obter e usar no Debian 9 Stretch. Um novo repositório dbg-sym pode ser adicionado à lista de fontes do APT para fornecer símbolos de depuração automaticamente para vários pacotes.

O suporte a UEFI (Unified Extensible Firmware Interface), introduzido primeiramente na Wheezy, continua a ser consideravelmente melhorado na Stretch, e também suporta a instalação em firmware UEFI de 32 bits com um kernel de 64 bits. As imagens Debian live agora incluem suporte à inicialização UEFI como uma nova funcionalidade, também.
Esta versão inclui vários pacotes de software atualizados, tais como:
  • Apache 2.4.25
  • Asterisk 13.14.1
  • Chromium 59.0.3071.86
  • Firefox 45.9 (no pacote firefox-esr)
  • GIMP 2.8.18
  • uma versão atualizada do ambiente de área de trabalho GNOME 3.22
  • Coleção de Compiladores GNU 6.3
  • GnuPG 2.1
  • Golang 1.7
  • KDE Frameworks 5.28, KDE Plasma 5.8, KDE Applications 16.08 e 16.04 para componentes PIM
  • LibreOffice 5.2
  • Linux 4.9
  • MariaDB 10.1
  • MATE 1.16
  • OpenJDK 8
  • Perl 5.24
  • PHP 7.0
  • PostgreSQL 9.6
  • Python 2.7.13 e 3.5.3
  • Ruby 2.3
  • Samba 4.5
  • systemd 232
  • Thunderbird 45.8
  • Tomcat 8.5
  • Xen Hypervisor
  • o ambiente de área de trabalho Xfce 4.12
  • mais de 51.000 outros pacotes de software prontos para uso, construídos a partir de pouco mais de 25.000 pacotes fonte.
Com essa ampla seleção de pacotes e seu tradicional amplo suporte de arquiteturas, o Debian mais uma vez se mantém fiel ao seu objetivo de ser o sistema operacional universal. Ele é apropriado para muitos casos diferentes de uso: de sistemas desktop a netbooks; de servidores de desenvolvimento a sistemas de cluster; e para servidores de bancos de dados, web ou armazenamento. Ao mesmo tempo, esforços adicionais para garantia de qualidade, como instalação automática e testes de atualização para todos os pacotes do repositório do Debian asseguram que a Stretch satisfaz as altas expectativas que os usuários têm de uma versão estável do Debian.

Um total de dez arquiteturas são suportadas: PC de 64 bits / Intel EM64T / x86-64 (amd64), PC de 32 bits / Intel IA-32 (i386), PowerPC de 64 bits little-endian da Motorola/IBM (ppc64el), IBM S/390 de 64 bits (s390x), para ARM, armel e armhf para hardware de 32 bits antigo e mais recente, além de arm64 para a arquitetura de 64 bits AArch64, e para MIPS, em adição às duas arquiteturas de 32 bits mips (big-endian) e mipsel (little-endian), há uma nova arquitetura mips64el para hardware de 64 bits little-endian. O suporte para PowerPC de 32 bits da Motorola/IBM (powerpc) foi removido na Stretch.

Para maiores informações acesse:
https://www.debian.org/News/2017/20170617.pt.html

Até a próxima!

16 junho 2017

Lançado Rosa R9 LXQt

Olá pessoal, 

Vladimir Potapov anunciou o lançamento de ROSA R9 'LXQt, uma distribuição focada no desktop Linux com o ambiente gráfico LXQt 0.11. 



LXQt é a edição mais leve e ascético ROSA R9. Ele é projetado para máquinas que não são ricos em recursos. (por exemplo, netbooks) e para usuários que gostem de reação imediata para qualquer ação.

 Este ROSA vai se sentir bem, mesmo se você só tem 512 MB de RAM Especificidades da LXQt em ROSA R9:.. todos os componentes LXQt são baseados no mais recentes versão 0.11 ramo com ROSA simplificada tema, sem efeitos de composição e de mesa; usamos NewMoon (Palemoon) navegador - embora compatível com o Firefox ESR (que é usado como base), que consome significativamente menos recursos; instalação padrão inclui alguns componentes adicionais para os utilizadores da Internet - o Pidgin, qBittorrent , Trojitá; o visualizador de imagens nomacs é instalado por padrão, ele também fornece recursos básicos de manipulação de imagem; Rosa Media player e Audacious estão incluídos.

Para mais informações acesse aqui. 

Até a próxima!

22 maio 2017

Conheça Extix 17.04 LXQt

O desenvolvedor GNU/Linux, Arne Exton, anunciou hoje, o lançamento e disponibilidade imediata para download da distribuição ExTiX 17.4 LXQt.

O ExTiX 17.4 parece ser a segunda distro baseada no mais recente sistema operacional Ubuntu 17.04 (Zesty Zapus) da Canonical, após o Ultimate Edition 5.4. No entanto, o ExTiX 17.4, que é apelidado de "The Ultimate Linux System", também é baseado nos repositórios do Debian 8.7 "Jessie" e Debian 9 "Stretch". Ou seja, é baseado no Debian 8.7 "Jessie" e também no Debian 9 "Stretch".

O maior novo recurso do ExTiX 17.4 parece ser o mais recente ambiente de desktop LXQt 0.11.1que substitui a interface de usuário Unity 7 do Ubuntu 17.04
A distro agora é alimentada pelo kernel 4.10.0-19-exton, que é baseado no kernel Linux 4.10.8e todos os pacotes pré-instalados foram atualizados para suas versões mais recentes.


O Google Chrome é o navegador da Web padrão.


Entre os aplicativos enviados com a versão ExTiX 17.4, podemos mencionar o Google Chrome como navegador padrão, o editor de conteúdo BlueGriffon 2.3.1 WYSIWYG, o pacote de escritório LibreOfficeo cliente de email e notícias Mozilla Thunderbird, o editor de partição GParted, E leitor multimédia SMPlayer.

O suporte para codecs multimídia é fornecido no ExTiX 17.4, juntamente com o GCC (GNU Compiler Collection) e outras ferramentas de compilação que permitem instalar outros programas da fonte. 
Também está instalado o mais recente driver gráfico Nvidia 381.09 para aqueles com GPUs Nvidia.

O ExTiX 17.4 LXQt Live DVD está disponível para download no site. 
A imagem ISO suporta apenas computadores de 64 bits, pode ser escrita em pendrives USB ou em DVDs, e possui uma opção de inicialização "Copiar para RAM" que permite executar o sistema ao Live Pendrive/DVD (modo Persistente) diretamente da memória do computador, ejetando o suporte inicializável.

Veja as notas de lançamento aqui.

Até a próxima!

Lançado elementary OS 0.4.1

A equipe do elementary OS anunciou o lançamento do elementary OS 0.4.1, essa é a primeira atualização de ponto da série "Loki" do projeto. 



A nova versão é baseada no Ubuntu 16.04.2

"Estamos orgulhosos de anunciar o lançamento de uma atualização importante para o elementary Loki - versão 0.4.1.Esta versão traz uma nova pilha de habilitação de hardware, todas as atualizações para Loki assim Loki 0.4.1 vem com um novo kernel e servidor X.Org como parte do Ubuntu 16.04.2 núcleo.Esto significa que o Linux 4.8 e Melhor suporte para chipsets da 7ª geração da Intel (Kaby Lake), entre outras compatibilidades de hardware e melhorias de desempenho.Notações notáveis ​​incluem uma atualização significativa para Epiphany, várias correções em arquivos, uma barra lateral de metadados redesenhado para fotos, novas configurações de Bluetooth, um indicador de microfone e bluetooth Controles de dispositivo no indicador de som, um controle deslizante de brilho no indicador de energia, a capacidade de iniciar uma pesquisa AppCenter a partir do menu de aplicativos, look & feel atualizações, melhor suporte para métodos de entrada CJK, melhores traduções e muito mais."

Para saber mais. acesse o site do elementary OS.

Até a próxima!

09 maio 2017

Conheça o CloudReady

Quem está buscando um sistema operacional com a mesma funcionalidade do Chrome OS, o sistema operacional baseado em Linux da Google que alimenta os Chromebooks, para usar um computador ou notebook comum, vai encontrar no CloudReady uma opção excelente. O CloudReady é um fork do projeto Chromium OS, que serve como base para o Chrome OS, a Neverware é a mantenedora do projeto que distribui gratuitamente o sistema, existem duas versões:
Para uso particular, totalmente gratuito e para trabalho, que custa alguns dólares, em breve terá uma terceira versão para empresas.



A Neverware é a empresa por trás do desenvolvimento do CloudReady, um "Chrome OS" grátis que você pode baixar e instalar no seu computador. Hoje dia, dada a extrema utilização da internet, muitas pessoas poderiam simplesmente abandonar um sistema operacional "mais completo", por uma solução Cloud Desktop, como o Chrome OS da Google, ou no caso, o CloudReady.

Você pode testar sem instalar como nas distros linux, fazer dualboot ou instalar de forma limpa no seu HD, o sistema é bem leve e é perfeito para PC's antigos, o Chrome OS é baseado no Gentoo, uma distro extremamente estável, abaixo você confere como instalar o sistema:

Para um computador de viagem, pequeno, compacto, pouco potente e destinado à internet basicamente, o CloudReady pode ser uma das melhores opções.

Então se você quiser testar e quem sabe dar uma sobrevida para aquele seu computador fraco, o CloudReady pode ser uma alternativa interessante.







02 maio 2017

Lançamento do Endless OS 3.1.5

A equipe do Endless OS acaba de lançar uma nova versão: 3.1.5 do seu sistema que procura corrigir:

Correção de bug de método de entrada: Nós fixo suporte para IBus métodos de entrada dentro de sandboxed flatpak apps. Isso ajudará os usuários com problemas com idiomas que exigem caracteres diferentes como chinês, vietnamita e tailandês.

Correção de bug de tela cheia: corrigimos um bug que afetou o lançamento de tela cheia de alguns aplicativos flatpak.

Atualizações de aplicativos: corrigimos um bug no App Center que impediu alguns aplicativos de atualizar. (Alguns aplicativos ainda não podem ser atualizados sob certas condições e estamos trabalhando em uma correção para a próxima versão.)

Gerenciador de arquivos: O gerenciador de arquivos agora detecta de forma confiável quando os computadores compartilham pastas na rede.

Navegador Firefox como padrão: Agora você pode escolher definir o Firefox como seu navegador padrão; No entanto, ele não será usado para aplicativos da web, como o Facebook, Whatsapp e Gmail.

Suporte a codecs Firefox: Nós fixamos suporte para codecs de vídeo para que você possa agora usá-los com o Firefox. (Os codecs de vídeo são fornecidos com compras de hardware da marca Endless ou disponíveis para download por US $ 3 a partir de https://store.endlessm.com/products/codecs).

Scratch app: Fixamos o modo de importação e apresentação de imagens.

Jogos de Steam: Adicionamos suporte para o Team Fortress 2 e corrigimos um bug que causou uma falha ao fazer login em algumas condições.

Removido aplicativo de notícias Prensa Libre: O aplicativo de notícias Prensa Libre para a Guatemala foi removido porque não pôde receber atualizações de notícias.

Até a próxima!

Lançado OpenMandriva Lx 3.02